Notícias

Governo realiza ação de pós-ocupação em municípios no interior do Estado

20/02/2018 - Suellen Lustosa

A política de habitação no Tocantins vai além da entrega de unidades habitacionais, o trabalho social é parte obrigatória dos projetos de intervenção habitacional. Trata-se de uma atividade essencial a ser realizada com as famílias beneficiadas pelos projetos. Esse tipo de trabalho envolve várias ações, que se iniciam antes da obra e continuam após a mudança dos moradores.

Por este motivo, o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos e a Companhia Imobiliária do Estado do Tocantins (TerraPalmas), vem desenvolvendo trabalho de pós-ocupação com os beneficiários de programas habitacionais nos municípios tocantinenses.

O trabalho vem sendo realizado pela equipe da diretoria social da Superintendência de Habitação em parceria com a TerraPalmas e as Prefeituras. Os técnicos desenvolvem ações de apoio e fortalecimento à participação efetiva das famílias beneficiárias, bem como o diagnóstico da Regularização Fundiária nos municípios.

Os municípios já visitados pelos técnicos até o momento foram Sampaio, Buriti do Tocantins, Sítio Novo, Carrasco Bonito, São Sebastião do Tocantins, Maurilândia e Itaguatins, com visitas já confirmadas, em Santa Fé do Araguaia e Carmolândia. 

 

Este trabalho procura atender a instrução normativa do Ministério das Cidades, onde é de responsabilidade dos estados e municípios que aderiram ao Programa Habitacional.

O trabalho de pós-ocupação é realizado em todos os empreendimentos de moradias populares entregues pela Secretaria que, além de conceder o benefício, busca assegurar a permanência do beneficiário na casa, por meio do trabalho de fiscalização, plantões sociais, atividades de geração de renda, inserção da comunidade nos serviços públicos de saúde, educação, transporte, entre outros.

Compartilhe esta notícia